Rasteiras · Rock

Parênteses e reticências

Infelizmente (ou não), tenho direcionado minha (pouca) atenção e meu (parco) tempo para escrever sobre outras coisas (chatas).

*

Ando ouvindo umas garageiras e burilando sobre o minimalismo no rock. De sopetão, a saída mais fácil parece ser pensar no punk ou, mais especificamente, no pós-punk. Ok, mas não. Talvez, a consciência despida aponte para as raízes. Simplificar. Não somar: deduzir. Sei lá.

O Lendário Chucrobillyman!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s