Blablablá

Nó górdio

A TV estava ligada, mas no mute, e Aminta e Renata se entretiam com os maneirismos de Kevin Rowland no vídeo de “Come on Eileen”. “Sempre gostei desta canção e, mesmo, tenho dois ou três álbuns dos Dexy’s Midnight Runners”, comentei com Dennis. “Eu também. De fato, acho que o Don’t stand me está por aqui, em algum lugar”, respondeu, remexendo sua grandiosa coleção de vinis. Estendeu-me o volume. “Capas dos discos de 12 polegadas são sensacionais, não? Até mesmo quando ruins. O CD fodeu com isto, meu chapa! Eu gosto do som digital, não sou muito de ficar reclamando de excesso de agudos e coisa e tal, mas o CD acabou com uma parte importante da apreciação de um disco.” Sentamo-nos à mesa os quatro. Aminta refrescou os copos.

“Ainda entretida com Alexandre, Aminta?”, perguntou Renata. A amiga balançou a cabeça, positivamente. Aminta estava concluindo a graduação em História e uma de suas personagens favoritas era Alexandre, o Grande. “Estou obcecada com a lenda do nó górdio. Outro dia mesmo escrevi páginas e páginas sobre isto”, acrescentou. Notando a expectativa em nossos rostos, Aminta sorveu um bom gole de seu copo e continuou:

– Vocês sabem, segundo um oráculo, quando a Frígia ficasse sem um rei, o primeiro cara que aparecesse dirigindo um carro de boi seria coroado. Esse homem foi um camponês pobre, chamado Midas – aquele mesmo do toque de ouro – que usava o carro de seu pai. E Midas, em homenagem a Sabazios, que é o equivalente a Zeus, amarrou o veículo num poste, com um nó intrincadíssimo. O tal do oráculo, então, previu que aquele que conseguisse desatar o nó se tornaria o rei de todo o Oriente. Este homem foi Alexandre, o Grande.

O telefone tocou, interrompendo a explanação. Eu atendi – era mais um caso urgente, que exigia atenção integral. Despedi-me de Dennis e Aminta e beijei os lábios de Renata. “Volto logo, assim que Aristander melhorar”, disse. E parti, em meio ao trânsito e à fumaça paulistana. Era quarta-feira e rolava “Andmoreagain” no rádio do meu carro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s